Tema do mês: A Torre Negra | 24 de Agosto nos cinemas

5 de maio de 2016

A Esperança


Resultado de imagem para livro a esperança   Título: A Esperança
   Título original: Mockinjay
   Autora: Suzanne Collins
   Gênero: Ficção científica/Distopia, Juvenil
   ISBN: 9788579800863
   Páginas: 424
   Ano: 2011
   Tradutor: Alexandre D'elia
   Editora: Rocco


Sinopse: Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em 'A esperança', um debate sobre moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens.

RESENHA
"As fagulhas se acendem, as chamas se espalham e a capital quer vingança."
O último livro da trilogia 'Jogos Vorazes' pode ser dividido em duas partes principais drama psicológico pessoal e uma guerra. Nessas duas partes podemos ver que, sem dúvidas, essa saga foi muito bem escrita.
Agora Katniss já sabe quem é verdadeiramente a Capital e está disposta a fazer o possível e o impossível para que o presidente Snow pague por todos os atos de crueldade que ele vem fazendo enquanto comanda a Capital.
Ao mesmo tempo em que Katniss quer derrubar a Capital, a Capital quer derrubar Katniss. Após ela ter se rebelado contra o governo e ter ido contra as ordens dele, não resta outra alternativa se não mostrar a ela quem é que manda. Por isso, a Capital também está disposta a derruba-la.
No fim de 'Em Chamas', vemos que Katniss descobriu que era um instrumento de vingança que o pessoal do Distrito 13, lugar onde ela vai após ser resgatada do Massacre Quartenário, encontrou de lutar contra a Capital. Nesse lugar, Katniss se encontra com alguns ex sobreviventes dos Jogos Vorazes que também estão dispostos a lutar por essa revolução.
Enquanto Katniss é considerada 'O Tordo', o símbolo da revolução, Peeta e Joana estão nas mãos da Capital. Eles não conseguiram escapar do Massacre Quartenário como Katniss e Finnick conseguiram e agora os dois sofrem diante do controle do governo.
Durante a primeira metade do livro podemos ver que Katniss sofre um grande conflito interno, que já estava presente no livro anterior mas que passa a ser muito mais intenso e fundamental durante a tomada de decisão da personagem. Katniss quer vingança, mas sabe que a batalha para que essa conquista seja alcançada não será fácil.
Já na segunda metade temos a ação. A batalha. A guerra. Temos todos os conflitos que são inevitáveis e fundamentais. Esse é o momento em que o livro passa a ter muita ação mas sem perder aquele lado psicológico e característico. Temos as batalhas, mas também temos o fortalecimento das relações entre os personagens.
'A Esperança' retrata de uma forma fantástica o que é uma guerra, mostrando como, algumas vezes, ela é inevitável e necessária, e ainda assim, não é fácil. O livro retrata todo o crescimento da personagem, toda a evolução das pessoas dos distritos, mas mostra também as consequências de uma guerra. Podemos ver que mesmo sendo necessária, ao traçar uma batalha como Katniss traçou, mesmo que você saia vitorioso, há perdas irreversíveis. Sendo assim, aprendemos que uma guerra sempre terá seu lado negativo, mesmo que ela esteja acontecendo por  um motivo necessário.
Como nos livros anteriores, a Editora Rocco fez um trabalho fantástico. Não foram encontrados erros no livro. Mais uma vez a capa do livro me encantou, pelo mesmo motivo das anteriores: simplicidade, exclusividade, boa representação.
Assim como os livros anteriores, 'A Esperança' também possui uma adaptação fiel, na medida do possível. Entretanto, dessa vez foram feitos dois filmes: 'Jogos Vorazes: A Esperança Parte 1' e 'Jogos Vorazes: A Esperança Parte 2'. Ambos os filmes são muito bons e vale a pena conferi-los!

AVALIAÇÃO:
LAYOUT CRIADO E DESENVOLVIDO POR KEVIN SILVA
© 2015 - 2017 Strapoiler - Todos os direitos reservados.