Tema do mês: A Torre Negra | 24 de Agosto nos cinemas

31 de março de 2016

Jogos Vorazes



   Título: Jogos Vorazes
   Título original: The Hunger Games
   Autora: Suzanne Collins
   Gênero: Ficção científica/Distopia, Juvenil
   ISBN: 9788579800245
   Páginas: 397
   Ano: 2010
   Tradutor: Alexandre D'elia
   Editora: Rocco


   Sinopse: Este livro é o primeiro de uma bem-sucedida trilogia, comercializada para mais de 20 países, A história se passa em uma nação chamada Panem, fundada após o fim da América do Norte. Formada por 12 distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital, sede do governo. Uma das formas com que demonstra seu poder sobre o resto do carente país é com os 'Jogos Vorazes', uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de 12 a 18 anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte.
Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos 'Jogos Vorazes'?


RESENHA
"Que a sorte esteja sempre ao seu favor."
'Jogos Vorazes' é o primeiro livro de uma trilogia que não só fez o maior sucesso em vários países, como também conquistou diversos fãs ao longo dos lugares por onde essa história passou.
Na tentativa de evitar que sua irmã caçula vá para um campo de batalha onde somente uma pessoa sobreviverá, Katniss Everdeen se oferece para lutar até que não reste nenhum concorrente vivo, ou até que ela morra. É assim que funciona os Jogos Vorazes. Um garoto e uma garota de 12 a 18 anos de cada distrito são selecionados e devem lutar até que apenas um deles sobreviva.
Existem doze distritos, que juntos com a capital, responsável por coordenar todas as regiões, formam a nação que surgiu após o fim da América do Norte, a Panem. Os distritos sofrem diferentes problemas sociais, enquanto todo o poder "do país" está centralizado na Capital, que não só comanda todos os distritos como também usufrui de tudo que eles produzem.
Ao se voluntariar para batalhar no lugar de sua irmã, Katniss tem que deixar tudo o que gostava de fazer e  todos que ela ama para trás. A partir daquele momento sua vida sofre uma mudança gigantesca. Ou ela morre ou ela nunca mais será a mesma, pois se tornará uma Vitoriosa, tendo que conviver com o fato de ter matado seus concorrentes.
Além do nome de Prim, irmã de Katniss, um outro nome também é sorteado para os jogos. Nessa caso um garoto. Peeta. Um jovem filho de padeiros que acaba se tornando o parceiro de Katniss já que ambos representam o mesmo distrito, o distrito 12. Agora Katniss e Peeta devem aprender em pouco tempo como tentar sobreviver em uma arena, até que eles tenham que se enfrentar para que apenas um sobreviva, a não ser que alguém os mate antes.
Uma distopia muito bem criada é uma das primeiras descrições que consigo dar a 'Jogos Vorazes'. Suzanne Collins, a autora, cria um universo muito bem feito, você consegue imaginar como é cada distrito, cada pessoa... Isso ocorre pois, além de possuir uma ideia única, o livro é muito bem escrito.
O livro é narrado em primeira pessoa, na realidade conhecemos essa história através das palavras e pensamentos de Katniss Everdeen, o que faz com que possamos conhecer a fundo a personagem. Talvez esse seja um dos motivos pelo qual o livro prende a sua atenção do começo ao fim.
Em 'Jogos Vorazes' podemos encontrar temas diversos, inclusive uma crítica social. Vemos que enquanto há distritos passando fome, a Capital esbanja dinheiro. Além disso, vemos que aqueles que possuem mais poder perante uma sociedade acaba conseguindo manipular a vida dos demais. Na realidade, é justamente essa a intenção dos Jogos Vorazes, mostrar que os distritos estão sob poder da Capital.
Sobre a edição, a Editora Rocco fez um trabalho mais que excelente. Não é possível notar nenhum erro ortográfico ou de tradução. Se há algum deles, eles passaram despercebidos. Eu gostaria de dar ênfase a capa do livro. Ela é magnífica. Há quem pense que ela não possui nada demais, mas é muito pelo contrário. As poucas informações contidas nela encaixam perfeitamente com essência  do livro. O tordo a deixa excepcional.
'Jogos Vorazes' possui o filme inspirado no livro, que tem o mesmo nome. O filme é, na medida do possível, fiel ao livro e tão emocionante quanto. Para leitores diversos, fãs ou não de distopias, 'Jogos Vorazes' é, sem dúvida, um livro que vale a pena conhecer. Quanto ao filme, digo o mesmo.

AVALIAÇÃO
(NOTA MÁXIMA: 5 Estrelas)
LAYOUT CRIADO E DESENVOLVIDO POR KEVIN SILVA
© 2015 - 2017 Strapoiler - Todos os direitos reservados.